Nossa História

  1. Tomio Fukuda se muda com a família para Lagoa Formosa-MG e inicia suas atividades na cafeicultura na região denominada Baú.

    Tomio Fukuda se muda com a família para Lagoa Formosa-MG e inicia suas atividades na cafeicultura na
								região denominada Baú.
  2. Início das atividades na Unidade São João

    Início das atividades na Unidade São João
  3. Início das exportações, com o primeiro container destinado ao Japão

    Início das exportações, com o primeiro container destinado ao Japão
  4. Registro da marca Baú™

    Registro da marca Baú™
  5. Início da sucessão familiar

    Início da sucessão familiar
  6. Implantação do SAP

    Implantação do SAP
  7. Nova Cultura Organizacional, consolidando a Baú como uma empresa do Agronegócio

    Nova Cultura Organizacional, consolidando a Baú como uma empresa do Agronegócio
  8. Início das atividades na Unidade Vale do Cristal em Diamantina - MG

    Início das atividades na Unidade Vale do Cristal em Diamantina - MG

A Baú foi fundada em 1984 por Tomio Fukuda, filho de imigrantes japoneses e nascido em Sertaneja, norte do Paraná, região onde cresceu ajudando seus pais juntamente com os 10 irmãos no cultivo de hortaliças. Quando jovem se interessou nas áreas de engenharia e telecomunicação, conhecimentos que o auxiliaram a ingressar posteriormente na Sumidenso, trabalhando na fabricação de componentes elétricos automotivos no final da década de 70. Pela Sumidenso, Tomio teve a oportunidade de estagiar no Japão, imergindo em empresas como Honda e Toyota, que estavam com foco total em qualidade e melhoria contínua já naquela época.

Na busca de realizar o sonho de ter seu próprio negócio e voltar a trabalhar com a terra, e na tentativa de aproveitar os incentivos do POLOCENTRO (programa federal de incentivo para a ocupação do cerrado, que se encerrou antes e portanto o acesso ao mesmo não foi possível), Tomio visitou a região do cerrado mineiro juntamente com o seu irmão Toshimitsu

Após algumas buscas por terras disponíveis na região, Tomio subiu o platô da região denominada Baú pela primeira vez. Ao chegar na região, que era predominada de pastagens e cultivos de subsistência, ele relata que sentiu imediatamente a temperatura mais amena e agradável devido à altitude, condição favorável ao café. Daquela sensação, a decisão por se instalar na região foi imediata.

Então, em Abril de 1984, após se abdicar de sua promissora carreira em uma multinacional japonesa e reunir todas as suas economias, Tomio comprou seu primeiro pedaço de terra na região do Baú e se mudou com sua esposa Célia e sua filha Lissa para Lagoa Formosa-MG. No ano seguinte, seu filho Durval nasceu. E por que o café? Um dos motivos de terem vindo para as redondezas da Lagoa Formosa se deve ao irmão de Tomio, Toshimitsu, ter um grande amigo cuja família era de cafeicultores consolidados em Carmo do Paranaíba, município vizinho com extensas áreas de café já naquela época. Esta era a família Shimosaka, a quem Tomio tem grande estima e amizade, e a quem recorreu muitas vezes em busca de conhecimento e informações técnicas e econômicas sobre café.

Ao longo de mais de 3 décadas, Tomio e Célia trabalharam com outras culturas como feijão, soja, gado de corte e tomate. Mas foi no café que a sua forma de trabalho buscando sempre qualidade e excelência gerou os melhores frutos. Ferramentas do conhecimento adquirido nos estágios no Japão como 5S, Kaizen e Kanban, apesar de pouco convencionais em fazendas até então, começaram a ser implantadas pelo Tomio na década de 90. Da implantação das ferramentas e melhorias constantes na gestão, com certa resistência mas com muita persistência, a Baú passou do status de “fazenda” para uma empresa do agronegócio, sendo referência em qualidade do café.

Em meados dos anos 2000, a segunda geração da família Fukuda iniciou o seu ingresso nos trabalhos junto à empresa, e desde então os 4 integrantes da família – Tomio, Célia e seus filhos Durval e Lissa - vêm conduzindo a empresa conciliando as experiências da primeira geração com as inovações da segunda geração através da sucessão familiar, sempre unidos pela mesma MISSÃO: produzir cafés de qualidade sendo uma empresa rentável, buscando sempre a inovação, valorizando nossos parceiros e colaboradores e respeitando o meio ambiente.